“Mukheristas” receiam que COVID-19 afecte o negócio

“Mukheristas” receiam que COVID-19 afecte o negócio

Importadores informais de mercadoria diversas a partir da África do Sul, vulgarmente tratados por “Mukheristas”, receiam que a pandemia Coronavírus afecte o negócio e propicie a subida de preços.

Desde que ficou a saber que há casos confirmados do COVID-19 na África do Sul, os comerciantes nacionais têm receio de entrar naquele país. Por isso, o presidente da Associação Mukhero diz que a eclosão do Coronavírus na África do Sul constitui uma ameaça e pode  propiciar o agravamento de preços no país.

E com a China literalmente fechada, os moçambicanos que dependem daquele país para fazer negócio já estão a assumir prejuízos. Alguns empresários, inclusive, têm contentores carregados de mercadorias retidos desde janeiro na China.

Testa e veja se ganha um salário compatível aqui

Fonte: Opais

 

loading...
 
 
 
Loading...